FAQs

Como é que participo no parar.net?

Se pretendes utilizar o parar.net regista-te primeiramente nesta plataforma (username e passoword)

O que é o parar.net?

Parar.net é uma ideia que nasceu da vontade de oferecer aos fumadores que querem parar de fumar uma alternativa de apoio através da Internet. É constituída por dez passos – baseados no método renasceres®, e preparados para serem desenvolvidos ao ritmo de cada participante: sem pressas, pressões ou atropelos.
É importante salientar que este programa não pretende substituir o papel do profissional de saúde e recomenda-se, tanto que possível, uma articulação com o mesmo.

Quem é o autor/coordenador do projecto?

A ideia e o desenvolvimento deste projeto é da responsabilidade de Luís Â. Saboga Nunes, Lic Soc, MPH, PhD – Sociólogo da Saúde e Consultor em Saúde Pública, docente universitário na Escola Nacional de Saúde Pública, Universidade Nova de Lisboa, no grupo de disciplinas de Promoção, Proteção e Educação para a Saúde, com uma experiência de 30 anos no aconselhamento e intervenção em programas de cessação tabágica. Esta ideia nasceu da necessidade de adaptar ao mundo mobile formas de apoio à cessação tabágica. Mas a complexidade desta proposta não se faz com uma ideia inicial. Outras colaborações que a seguir se especificam foram contributos fundamentais para a concretização dessa mesma ideia

Grupo de profissionais de acompanhamento, avaliação e desenvolvimento:

André Jacinto Técnico – Cardiopneumologista
Ângela dos Santos – Psicóloga
António Pinto – Médico do Trabalho
Arlete Pinto – Investigadora
Artur Miguel Trigo Jesus – Psicólogo Clínico
Bruno Silva – Médico
Carla Araújo – Técnica Superior
Carlos Oliveira – Médico em Medicina Dentária
Cláudia Rodrigues – Terapeuta
Cristina Gonçalves – Médica de Medicina Geral e Familiar
Cristina Galamba – Médica
Dina Matias Médica – Pneumologista
Filipa Soares Albergaria – Médica
Francelina Cerejo – Médica em Medicina Dentária
Guida Esteves – Médica de Medicina Geral e Familiar
Helena Gomes – Enfermeira especialista
Isabel Almeida – Médica
João Fróis – Médico, Delegado de Saúde
Jorge Pronto – Médico do Trabalho
Laudelina Clemente – Médica, Assistente Hosp.Graduada
Lisete Oliveira – Enfermeira especialista
Luís Galhardas – Médico Cons. Medicina Interna
Luís Silvestre – Enfermeiro
Margarida Pinto – Médica de Saúde Pública
Maria Augusta Oliveira – Enfermeira Graduada
Maria Clara Capucho – Médica Otorrinolaringologista
Maria da Nazaré Ribeiro – Médica Delegada de Saúde
Maria de Fátima Dias – Médica Delegada de Saúde
Maria Sandra Gama – Enfermeira
Maria Teresa Costa – Médica
Maria Teresa Bastos – Enfermeira do Trabalho
Maria de Almeida – Enfermeira graduada
Mariana Lameiras – Médica
Mário Oliveira – Médico de Medicina Geral e Familiar
Miguel Natal – Médico de Medicina Geral e Familiar
Pedro Graça – Médico
Rita Correia – Enfermeira
Rui Silva – Médico
Sylvain Lazarus, Médico, coordenador do programa regional de cessação tabágica da região de saúde de Strasbourg -Moulouse, França
Susana Rodrigues – Psicóloga Clínica
João Reis – Médico
Webmaster da versão A – Miguel Alexandre Nunes, Instituto Superior Técnico (Lisboa), Uni. de Honolulu, Havai, EUA

Estou com problemas de acesso. O que devo fazer?

O acesso aos diferentes níveis do programa é reservado aos que se inscreveram e completaram cada passo com sucesso. Se ainda não te registaste fá-lo agora. Se já te registaste, assegura-te que completaste todas as etapas do passo para poderes prosseguir. Se já o fizeste e ainda assim não conseguiste prosseguir, contacta o administrador do sistema enviado um e-mail para info@parar.net , com um print screen com a página na qual te encontras.

Porque razão devo fazer o programa parar.net para deixar de fumar e não outro?

Parar.net é o primeiro programa integrado-  considerando todas as dimensões do ser humano – para acompanhar um processo de cessação tabágica. Há mais de 10 anos que é supervisionado por avaliadores externos tendo recebido o selo de qualidade HONCode desde 2005 (http://www.hon.ch/HONcode/Portuguese/?HONConduct862965). É também a primeira e única oferta (até à data) que considera uma proposta de desintoxicação de espectro largo sem recursos a medicamentos. Por outro lado, este programa baseado no método renasceres®, não tem contra-indicações: pode ser seguido por qualquer fumador, em qualquer idade, situação de saúde, género ou condição social.

O que são serviços em linha?

No presente contexto, os serviços em linha são serviços ou recursos disponíveis na Internet, destinados a melhorar a comunicação entre e cidadãos, empresas, serviços, organizações e o portal www.parar.net

No Portal são ou serão oferecidos três tipos de serviços em linha:
1. Serviços de informação, que proporcionam (aos utilizadores, aos meios de comunicação social, às empresas, às administrações e a outros responsáveis) um acesso fácil e eficaz à informação contida no Portal;
2. Serviços de comunicação interativa, que permitem melhorar os contactos (com os cidadãos, as empresas, a sociedade civil e os intervenientes públicos) facilitando, assim, a consulta e os mecanismos de reação contribuindo para a conceção das estratégias, atividades e serviços ligados à saúde e sua gestão;
3.Serviços de transação, que permitem o acesso a todas as formas básicas de transação com o portal www.parar.net

Que garantias tenho de que os meus dados pessoais não serão incorretamente usados?

a) O portal www.parar.net respeita a privacidade do utilizador no quadro do normativo europeu GDPR (EU General Data Protection Regulation) tendo um DPO (ver a seguir).
b) A política de “proteção das pessoas singulares no que diz respeito ao tratamento de dados pessoais ” baseia-se na lei em vigor.
c) Embora possa navegar no Portal sem fornecer quaisquer informações pessoais, nalguns casos são necessários dados pessoais para que lhe sejam fornecidos, em linha, os serviços pretendidos. Neste contexto:
d) Para cada serviço em linha específico, o portal determina os fins e meios do processamento dos dados pessoais e assegura a conformidade desse serviço com a política de proteção da vida privada;

Quais as informações que são recolhidas, para que fins e através de que meios técnicos?

O Portal recolhe apenas as informações pessoais estritamente necessárias para um determinado fim. As informações não voltarão a ser utilizadas para fins incompatíveis;

A quem são divulgadas as informações?

Portal www.parar.net não divulgará as informações a terceiros. O Portal www.parar.net não divulgará dados pessoais para efeitos de comercialização direta ou indireta;

Como posso aceder aos meus dados, verificar a sua correção e, se necessário, retificá-los?

Uma vez que os dados são propriedade exclusiva dos participantes, estes têm o direito de levantar por motivos legítimos objeções quanto ao processamento dos seus dados pessoais. Para este efeito Luis Saboga Nunes é Encarregado da Proteção de Dados (DPO) (Data Protection Officer) podendo ser contactado através do e-mail info@parar.net .

Durante quanto tempo são os meus dados conservados?

O Portal www.parar.net apenas mantém os dados que recolhe durante o período necessário para cumprir o objetivo que presidiu à sua recolha ou para tratamento adicional, sempre em conformidade com o utilizador.

Quais as medidas de segurança adotadas para salvaguardar os seus dados contra uma eventual utilização abusiva ou contra o acesso não autorizado?

Um sistema de proteção informático garante o não acesso aos dados a outros que não sejam a comissão gestora do Portal.

Quem posso contactar para eventuais esclarecimentos ou queixas?

Podem ser dirigir questões, sugestões ou reclamações diretamente para info@parar.net

Qual é a base de evidência sobre a qual assenta este programa?

Em cada passo é apresentada a base de evidência. No entanto, as principais referências bibliográficas podem aqui ser consultadas.

Qual o historial de uso do portal www.parar.net ?

Milhares de utilizadores do portal testificam da sua utilização e de seu benefício. O último estudo de avaliação indica uma taxa de sucesso de 32% a 12 meses. O portal foi solicitado pelos responsáveis pela campanha europeia HELP: por uma vida sem tabaco – para ser, em Portugal, o site oficial da campanha para apoio aos utilizadores do tabaco que desejam parar com o seu hábito (desde 4 de Novembro 2005). A coordenação do portal www.parar.net alia-se, assim, aos esforços da mais vasta campanha realizada no espaço europeu trazendo o seu contributo à iniciativa por uma vida sem tabaco.

As características da iniciativa www.parar.net estão salvaguardadas apesar desta ação conjunta, continuando também a manter-se a total isenção em relação às forças que atuam na área das questões ligadas ao tabaco – como até aqui vinha acontecendo. Mantêm-se inalteradas também todas as cláusulas que integram o protocolo de participação dos interessados no programa de cessação tabágica aqui desenvolvido, particularmente no que diz respeito aos pressupostos de protecção de dados pessoais aí enunciados.

A eventualidade de um maior tráfego pode vir a comprometer a fluidez da comunicação entre os participantes e a plataforma. Para que se garanta toda a rapidez dos processos aqui usados, a equipa que mantém benevolamente o funcionamento do portal www.parar.net desenvolverá todos os esforços ao seu alcance para continuar a responder, em tempo útil, ao apoio a prestar aos participantes. Agradece-se no entanto que, em caso de sobrecarga, de bloqueio, ou de incorreto funcionamento da plataforma, seja enviada uma mensagem para o endereço info@parar.net fazendo referência à dificuldade sentida (se possível com um print screen).

Para saber mais sobre a campanha help: por uma vida sem tabaco veja aqui ou consulte o seu site internacional.

Quanto me vai custar deixar de fumar através do parar.net?

Este serviço recebe donativos para se manter ativo. Não vende publicidade e não está cativo de nenhuma marca, produto ou serviço. Por isso não é gratuito.

Então posso ajudar com um donativo?

Este projeto só subsiste graças aos donativos de quem acredita numa vida livre do tabaco! Com o teu donativo queremos que este projeto permaneça livre para os seus utilizadores!

NIB – 0010 0000 54189420002 71
IBAN – PT50 0010 0000 5418 9420 0027 1
SWIFT/BIC BBPIPTPL

Os custos da construção da ideia parar.net são muito elevados e distribuem-se pelo desenvolvimento tecnológico do portal www.parar.net , tempo despendido em apoio personalizado a cada interessado em parar de fumar, tempo gasto na coleção do conhecimento baseado na evidência científica que é transmitido bem como outros aspetos que formam esta oferta. Por isso o verbo “pagar” não se conjuga na forma parar.net.

Então o que é que se “conjuga”?

Usa agora e apoia depois (se estiveres satisfeito)! Este projeto foi estruturado a pensar em pessoas que reconhecem o esforço que uma iniciativa desta natureza pode ter. Mas esta iniciativa reconhece o esforço que parar de fumar pode implicar num fumador. Estamos todos do mesmo lado da linha de fogo contra o tabaco. Por isso a forma e o montante do teu apoio fica ao teu critério. Mas é importante que saibas que esse apoio se destina a minimizar os custos de desenvolvimento tecnológico do parar.net Uma sugestão de critério: apoia este serviço com a economia que farás ao não comprares mais tabaco (durante o período de tempo em que usas o parar.net) A nossa esperança é que deste modo será possível suportar os custos tecnológicos. Se um dia reparares que o parar.net deixou de existir ou de responder aos teus apelos isso dever-se-á ao facto de não ter sido possível continuar a suportar as despesas de alojamento e manutenção do portal.
(concretamente: imagina que levas 10 semanas a completar o programa e com ele deixaste de fumar 2 maços de cigarros por dia. Desejas então dar o teu apoio. Em 10 semanas poupaste 70 x 2 = 140 maços (nos 70 dias que estiveste sem fumar). Basta fazeres as contas ao preço de cada maço de tabaco. Esse total divides ao meio: metade fica para ti é o lucro obtido com a tua decisão. A outra metade envias a parar.net como donativo: foi a tua última despesa relacionada com o tabaco, só que desta vez para te veres livre dele para sempre! Esta ou outra qualquer contribuição que desejes enviar é muito bem vinda)!

Então mas o Estado não ajuda?

O estado deixou de apoiar esta iniciativa em 2011 quando foi extinto o Alto Comissariado para a Saúde. Um pouco da história do parar.net: o portal foi lançado em 17-11-2004, sem qualquer ajuda financeira graças ao génio criativo de um estudante de engenharia espacial no Instituto Superior Técnico. O protótipo desenvolvido por N., Miguel Alexandre colapsou no final de 2007, pois não estava preparado para suportar o excesso de acessos por altura da implementação da nova legislação relativa ao controlo do fumo ambiental. Fez-se apelo ao Alto Comissariado para a Saúde que apoiou o desenvolvimento de uma plataforma mais robusta, que entrou em funcionamento em 2008 em www.deixar.net . Esta plataforma ficou órfã quando em 2011 o Alto Comissariado para a Saúde foi extinto, mas tem-se mantido com vários bugs a funcionar até hoje. Com o aumento das dificuldades tecnológicas, fruto da evolução das plataformas digitais, surgiu, em 2018, a necessidade de manter o serviço, mas numa nova base tecnológica. É esta versão que entra agora em serviço em www.parar.net, sem apoio do Estado (embora o secretário de Estado da saúde em 2013, se tenha mostrado muito interessado em viabilizar apoio e enquadramento da mesma nos serviços partilhados do Ministério da Saúde. Contudo a iniciativa ficou bloqueada quando chegou à Direção Geral de Saúde. A coordenadora nacional do controlo do tabagismo nunca se tem mostrou favorável a este método de apoio). O presente esforço, para garantir a sustentabilidade desta oferta em território nacional, matem-se assim disponível, tendo em consideração que a mesma tem contribuído para milhares de fumadores e fumadoras pararem com o uso do tabaco, desde a sua criação na versão experimental. Por tudo o que atrás fica, e sem esquecer também os grandes interesses económicos associados ao tabagismo, manter ativa esta iniciativa é assim uma estória de resiliência.